imbNES, Nintendo 8 bits no seu PlayStation

Resumo ::

Me surpreendi com a facilidade e praticidade de poder rodar o NES num PlayStation. Aqui, passo a passo, estou colocando a maneira de fazer. Para tal, você precisará do imbNES (clicando aqui) e das ROMs que quiser rodar… precisará também de um gravador de CD e uma mídia CD-R (CD-RW não vale).

Eu não acreditei no meu teste da velocidade com o qual o PSX roda os jogos do NES e, claro, no grande conforto que o joypad do PSX proporciona para agarres mais precisos. Sem mencionar que na sua TV normal os gráficos ficarão MUITO mais suaves e perfeitos que quando rodados no seu computador, ficando tal qual seria no NES.

Antes de começar, não me mande e-mail pedindo ROM, não enviarei, porém elas são fáceis de serem localizadas usando o Google ou um Torrent, fica a sua escolha. Éticamente devo dizer que você só pode fazer isso e manter em sua posse por 24 horas caso não possua um NES e o cartucho, mas quem gastaria um CD para quebrar ele no dia seguinte?! De qualquer modo, esteja avisado. <=D

Criando a ISO ::

Após baixar o imbNES para o seu PC (um download rápido mesmo para discada, apenas 246KB), você deve descompactar ele em uma pasta, eu fiz o procedimento todo no desktop mesmo.

zip
(se ainda não baixou, basta clicar na imagem acima)

De posse dos 4 arquivos descompactados, execute o rombank.exe, nele é que se dará as suas opções e a criação da imagem ISO para gravação em CD.

rombank

No rombank.exe, clique no ícone add e adicione todas as ROMs que quiser de uma pasta.

Em seguida clique em unsuported para remover das que selecionou as que o emulador no PSX não poderão rodar (não funcionariam mesmo), deixando apenas as que funcionam nele.

Em IMBNES ROM Menu Names, modifique o nome como quer que apareça no menu de jogo — note que acima o jogo se chama ROM e renomêei com o nome correto neste espaço, clique na ROM que quiser mudar o nome e renomeie, repita para as demais ROMs.

Feito isso, basta clicar no botão de criar a ISO (sim, fácil assim), como na imagem abaixo:

build

Diante disso, se abrirá a janela questionando qual o seu PSX e ONDE gravar a ISO.

create

Em geral, o PSX que nós temos no Brasil é Região 1, então marque USA e clique em Build ISO.

complete

No meu 520 o processo foi realmente rápido (3/4 de segundo) e a ISO+CUE estavam no desktop.

Gravando a ISO ::

Muitos amigos me deram dicas sobre quais programas usar, como fazer e tudo o mais. Agradeço, mas meu teste foi DUPLO, para gravar a ISO usei o programa mais óbvio do mundo, o NERO 6.3.1.18 bundled que acompanha o meu velho LG GCE-8526B (CD-RW 52x52x32x). Pior que isso, só se fosse possível queimar a ISO no CD com o gravador built-in do Windows, ao qual nunca usei.

opening

Selecionei Imagem do disco ou projeto salvo e mudei o tipo de arquivo para nrg/iso/cue e abri o arquivo nes.cue criado. Daí, em abrir, o Nero já exibe a janela de opções de gravação abaixo:

gravando

Setei a velocidade mínima (8x), inseri o CD virgem na unidade e mandei avançar. O processo foi normal e logo estava concluído:

cd-virgem-mimbnes-m

completado

Testando no PSX ::

Tudo isso não daria em NADA se não se chegasse aqui, não é?!

Eu tenho um SONY PlayStation SCPH-5501 / 94005, de 1997, que reconheceu o emulador de NES como sendo um autêntico jogo de PSX.

psx-logon-mpsx-accept-m

O reconhecimento foi rápido e, tão logo a exibição do selo do PSX cessou o emulador se iniciou e o menu apareceu:

emul-logo-mmenu-m
(sim, ele parece uma BSOD do Microsoft Windows)

Para voltar ao menu basta precionar ao mesmo tempo R1+R2+L1+L2+Start+Select e, sem precisar dar nenhum reset no PSX o emulador volta ao seu menu de jogos. Caso o jogo em andamento seja de salvar, esse comando abre lhe jogará numa janela extra em que se pode salvar o progresso no Memory Card!

excite1-mexcite2-m

Dos jogos testados, todos rodaram assustadoramente bem e rápidos, a resposta do joypad acompanhava melhor que um teclado no computador (a exemplo do que se obtem do mesmo jogo no vNES OnBoard) e eu senti que ganhei vantagens em usar o PSX como emulador, desde a economia de luz (PSX = 17w [igual o Wii] + TV) até o manejo nos controles.

mario3-1-mmario3-2-m

Uma coisa interessante do imbNES, usando o modo analógico ele responde como sendo o digital, mas sem requerer que você tenha de apertar botões do direcional, basta mover a alavanca e, embora ela perca a sensibilidade, se torna mais confortável ainda a partida.

mario3-3-mmario3-4-m

nota Bom, é isto, é realmente fácil jogar NES no PSX e melhor que no PC.
Se você tem um PS-One ou PSX desbloqueado (coisa comum no Brasil) e gosta de abandonware e jogos clássicos, certamente lhe seria proveitoso tentar o imbNES para detonar Super Mario Bros 2 e 3, Megaman do 1 ao 6, Bomberman 2, Excite Bike, Ice Climber, Castlevania, Final Fantasy e os demais títulos todos do Nintendinho 8 bits.

Sem dúvida eu acho o controle do PlayStation o melhor de todos que usei, e poder usar ele para os demais VGs que possuem menos botões é proveitoso ao extremo pela pegada desse joypad.

Recomendado!!